Milagre no Getsêmani

Vejam! O braço do Senhor não está tão curto que não possa salvar, e o seu ouvido tão surdo que não possa ouvir. Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá. – Isaías 59:1,2

O último milagre que Cristo realizou antes de ir para a cruz não foi ressuscitar Lázaro dos mortos ou curar alguém que tinha lepra… Não.

O último milagre que Ele realizou foi colocar uma orelha na cabeça do servo do sumo sacerdote – uma orelha que Seu discípulo, Simão Pedro, cortou com uma espada.

Quando a guarda do templo e os soldados romanos chegaram ao Jardim do Getsêmani para prender Jesus, Simão Pedro ficou tão frustrado que puxou da espada e deu um golpe violento. E saiu a orelha daquele homem.

Pedro provavelmente estava mirando na cabeça do servo, honestamente falando. Mas ele era um pescador, não um espadachim.

Jesus poderia ter deixado aquele homem ferido, afinal ele estava pronto a prendê-Lo, mas, em vez disso, Jesus pegou a orelha e a colocou de volta na cabeça dele.

Foi uma espécie de milagre despercebido e talvez até mesmo um milagre não apreciado. Mas este último milagre de Jesus encobriu o erro de um discípulo.

Deus é bom em limpar nossas bagunças – e nós temos nossas bagunças, não é?

Se você deseja cortar sua conexão com Deus, então esconda os seus pecados e não os confesse.

Não estou falando em cortar seu relacionamento com Deus, mas você pode cortar a sua conexão com Ele. E a maneira de restabelecer essa conexão é pedir ao Senhor que o perdoe.

Então, quando pecamos, precisamos dizer: “Senhor, eu estraguei tudo aqui. Eu estraguei. Sinto muito e não sei como consertar. Mas estou pedindo ao Senhor, para intervir em minha vida e mudar isso de alguma forma para a Sua glória.” Então, apenas observe o que o Senhor fará.

Deus pode até usar um erro que você cometeu para honrar Seu nome. Ele pode transformar sua bagunça em uma mensagem.

Pastor Greg Laurie
Ministério Harvest
Acesse o artigo original aqui